Recusa ao leite: o que fazer quando a criança não aceita o alimento?

Saiba qual a melhor forma de introduzir e complementar a principal fonte de cálcio na dieta infantil.



Que o leite materno é o melhor alimento nos primeiros meses de vida do bebê, ninguém duvida. Porém, com o crescimento do neném e a chegada dos primeiros aninhos, é preciso inserir outros alimentos na dieta infantil e, nesse momento, muitas mães se deparam com um grande desafio: a rejeição a outras fontes de leite. Por ser a principal fonte de vitaminas e minerais, sobretudo o cálcio, o alimento é fundamental para o bom desenvolvimento dos pequenos. Sendo assim, a recusa pode prejudicar seu crescimento e, até mesmo, fragilizar sua saúde. Por outro lado, muitos pais também se questionam se a repulsa, choro e outras queixas da criança na hora de ingerir o alimento podem significar algum problema de saúde, como por exemplo, uma intolerância. Diante disso, como contornar tal situação e ainda garantir uma alimentação nutritiva e segura para seu filho? Saiba mais agora:

O papel do leite na primeira infância
Muito mais do que um vinculo afetivo entre mãe e filho, o aleitamento tem um papel fundamental na saúde: o leite da mãe, ofertado exclusivamente até, pelo menos, os seis meses de idade é capaz de atender, em geral, todas as necessidades vitamínicas e calóricas do neném, além de fortalecer sua imunidade. Porém, é natural que com o passar do tempo, especialmente após o primeiro ano de vida, as necessidades nutricionais e energéticas mudem, fazendo com que outras fontes de alimento precisem ser ofertadas. E nesse momento, o leite segue como protagonista no cardápio dos pequenos, pois, de acordo com a nutricionista Joanna Carollo, ainda é o alimento mais rico em nutrientes essenciais ao desenvolvimento infantil “O leite é abundante em proteínas de alto valor biológico e cálcio – um mineral primordial para o crescimento, fortalecimento e mineralização dos ossos. Para se ter uma ideia, quase todo cálcio presente no corpo humano está nos ossos. Além disso, a bebida é fonte das vitaminas A, B12 e outros minerais importantes como o magnésio, selênio e zinco. Portanto seu consumo, bem como de seus derivados, é fundamental na dieta das crianças ”

A criança não aceita leite, e agora?
Curiosamente, a necessidade desse mineral aumenta de forma gradativa (e considerável) na primeira infância, ou seja, no período que compreende os primeiros cinco anos de vida. Sendo assim, a introdução de outras fontes de leite é indispensável para complementar a oferta nutricional das crianças após o desmame. Porém, o que fazer quando o alimento não é bem aceito? De acordo com a profissional da Nova Nutrii, é preciso considerar a fase que a criança atravessa e, a partir daí, agir estrategicamente “Antes de tudo, os pais tem que compreender que a primeira infância é um momento de descobertas e o paladar pode mudar significativamente. Sendo assim, é interessante variar as preparações e, dependendo da idade da criança, recorrer aos derivados do leite, obviamente respeitando as limitações da dieta e pensando sempre na qualidade do alimento. Se mesmo assim a criança não aceita às “alternativas” é preciso procurar um médico para reavaliar a dieta, especialmente se outros sintomas estiverem associados“.

Alergia x intolerância
Em tempos nos quais a intolerância à lactose encontra-se em evidência, é de se esperar que muitos pais pensem no problema quando os filhos não se dão bem com o leite. Principalmente porque, dentre os sintomas relacionados à condição está, justamente, a recusa ao alimento. Porém, conforme explica a nutricionista, ainda existe muita confusão em relação aos distúrbios alimentares que o leite pode provocar “Por ser um tema tão falado, muitas pessoas podem, de fato, associar a rejeição a essa desordem. Porém, ainda que acometa uma porcentagem pequena de crianças, a intolerância à lactose é mais frequente em adultos. Se tratando desses problemas, é mais comum que algumas crianças apresentem alergia às proteínas do leite, portanto, é preciso ficar atento aos sinais que podem surgir minutos ou horas depois da ingestão do alimento”.



Conforme Carollo, a principal diferença entre os distúrbios é que a intolerância desperta sintomas relacionados ao trato gastrointestinal, enquanto a alergia acomete o sistema de defesa do organismo. “Os sintomas da intolerância à lactose se restringem apenas a parte intestinal, como cólicas, gases, barriga estufada e diarreia. A alergia às proteínas do leite, por sua vez, também causa esses sintomas, porém, provoca outras manifestações como urticárias, dermatites e, até mesmo, refluxos. Isso porque o distúrbio desencadeia uma reação do sistema imune sendo, portanto, uma condição mais delicada. No entanto, ambos os problemas podem prejudicar a aceitação do leite e, por consequência, aumentar os riscos de carência nutricional”.

Fórmulas infantis
Essa é, inclusive, uma das razões pelas quais o leite de vaca não é recomendado logo nos primeiros anos de vida. “Por ser extremamente rico em proteínas, sua ingestão pode provocar diversos distúrbios no sistema gastrointestinal da criança, que ainda não está preparada para digerir tal alimento.” Porém, como os nutrientes do leite são indispensáveis para seu crescimento, a alternativa é utilizar “fórmulas infantis” na dieta dos pequenos. Tais produtos possuem os mesmos nutrientes do alimento, porém, excluem as substâncias que podem, porventura, despertar alguma desordem no organismo.



Conforme explica Joanna, essas fórmulas podem variar de acordo a necessidade nutricional da criança, porém, são a alternativa mais segura, inclusive para aquelas que não apresentam qualquer anormalidade alimentar “Elas são, em geral, constituídas de proteínas do leite “quebradas” em partes menores, o que facilita sua digestão. Ainda assim, existem tipos adequados para cada perfil: as extensamente hidrolisadas, por exemplo, fragmentam essas substâncias em partes ainda menores, reduzindo o risco alergênico. Tais compostos podem, inclusive, ser isentos de lactose. O mais importante é sempre seguir a recomendação médica e atentar para as especificações do rótulo do produto, inclusive quanto à idade para qual ele é indicado”.

Vencendo a birra
Afastados os distúrbios alimentares, existe ainda a famosa birra – quando a criança rejeita o alimento simplesmente por não gostar. Para alguns pais, vencer o desinteresse dos filhos pela refeição é um verdadeiro desafio. Neste momento, a nutricionista argumenta que o leite possui uma grande vantagem: a versatilidade. “É possível saborizá-lo adicionando frutas da preferência da criança, aromatizá-lo com baunilha natural ou até mesmo, dependendo da idade, oferecer leite com achocolatados (sempre com muito cuidado em relação ao açúcar). Para os maiores, é possível introduzir na dieta derivados do leite como bebidas lácteas, iogurtes e queijos mais leves.” No caso dos pequenos, que ainda fazem uso majoritário das fórmulas, Joanna também dá uma dica valiosa “É importante inserir o alimento na dieta gradativamente, diluindo mais a princípio e deixando-a mais concentrada conforme a aceitação da criança. Porém, sempre atentando para que o preparo não fuja da recomendação diária”.

Complementando o cálcio
Felizmente os pais podem contar com alternativas além do leite para complementar o cardápio e facilitar a obtenção do cálcio. Vegetais folhosos, especialmente os de coloração verde escura como o brócolis, a couve e o espinafre possuem uma boa concentração do mineral, bem como grãos como a soja, a lentilha e o feijão. É preciso somente atentar para os itens que podem ser potencialmente alergênicos. E embora a alimentação natural seja sempre a mais recomendada, existem também produtos fortificados com cálcio, que podem ocasionalmente fazer parte do cardápio da criança.



Além disso, é fundamental seguir uma dieta balanceada para garantir que o mineral seja bem aproveitado no organismo. Como os nutrientes precisam estar em equilíbrio para que sintamos os benefícios do seu consumo, é importante considerar outros elementos que igualmente devem estar presentes no cardápio. Alguns deles, inclusive, podem ajudar na fixação do cálcio no organismo. “A vitamina D, por exemplo, é essencial para absorção do cálcio, portanto, consumir fontes do nutriente, bem como tomar sol diariamente, ajuda no aproveitamento deste mineral tão importante para o crescimento saudável das crianças“ – finaliza Joanna.



Fonte: Nova Nutrii
LEIA MAIS

Termômetro de banheira, pra que serve?


A hora do banho deve ser um momento especial e relaxante para os bebês e para os pais. É aquela hora do dia que o pequeno precisa de todos os cuidados especiais para tornar essa experiência ainda mais gostosa. Porém, este momento de relaxamento também precisa de cuidados, principalmente, na temperatura da água.


Logo que a minha filha mais velha nasceu, na própria maternidade, as enfermeiras me auxiliaram com dicas de primeiros cuidados, entre elas como dar um banho seguro. Ela me ensinaram a medir a temperatura da água para não queimar a pele delicada do bebê no caso dela estar muito quente, e também para não dar um banho com água fria. Ou seja, a temperatura da água é coisa séria, tanto quanto não deixar nenhuma corrente de ar passar pelo local na hora do banho.

Claro que na maternidade me ensinaram a medir a temperatura colocando o cotovelo na água. Mas ainda bem que hoje podemos contar com a tecnologia da NUK para um banho ainda mais seguro! Esses são os termômetros de banheira, que garantem um banho seguro aos pequenos.


O termômetro para uso em banheira, que mede a temperatura ideal para a pele sensível, especialmente, dos recém-nascidos. Além de deixar os pais tranquilos para este momento divertido, as crianças também se divertem com as cores alegres e desenhos estilizados nos produtos. Um mimo!


O produto é confeccionado com óleo de canola, que não põe em risco a saúde dos pequenos. Sua estrutura, em plástico inquebrável, possui bordas arredondadas para não machucar o bebê durante o banho. O termômetro NUK é bem simples e prático para verificar a temperatura ideal e, possui escala com medidas exatas para os pequenos (37ºC/98,6ºF).



Sobre a NUK 
Presente no mercado desde 1956, a NUK ajuda a promover o crescimento saudável dos bebês com produtos seguros, simples e que estimulem seu desenvolvimento. A empresa foi fundada por dois renomados odontopediatras na Alemanha. A marca trabalha com uma equipe de especialistas nas áreas de pediatria, odontologia, nutrição e ciência para criar os melhores produtos para bebês no mundo todo.



A combinação da expertise médica da NUK e o conhecimento das mamães, maiores especialistas no assunto, faz com que os produtos sejam cuidadosamente projetados para estimular o desenvolvimento do bebê, com produtos inovadores, de fácil uso e excelente qualidade para auxiliar e beneficiar mães e bebês.

LEIA MAIS

Look Junino: Maria Bonita

Esse ano as festividades juninas na escola da Lara foram um pouco diferentes. O tema foi "do xaxado ao forró", e em uma homenagem a cultura nordestina as meninas do Jardim I se vestiram de Maria Bonita e os Meninos de Lampião.

Confesso que no começo as mães não gostaram muito da ideia. Afinal, nós achávamos que festa junina tinha que ter roupa de caipirinha, botas, chapéu de palha e todos os acessórios típicos da data. Mas aos poucos fomos aderindo ao tema e no final ficou tudo lindo de morrer. Olha só a minha Maria Bonita.


Nós mães nos reunimos e mandamos fazer as roupas na mesma costureira. Então, todas elas ficaram iguais, o que foi demais de legal. O chapéu compramos na loja de festas aqui na cidade. O looks não comportava botas então usamos por aqui essa sandália da Pampili que ficou perfeita com o look.


O lenço vermelho é um símbolo característico da cultura e não podia faltar. Isso sem falar que o vermelho deu uma quebrada no tom pastel do look. E o mais bacana é que o vestido pode ser usado depois porque os detalhes dos aviamentos foram apenas alinhavados e podem ser removidos com facilidade.

A dança foi linda e a Lara era só sorrisos. E você, gostou do tema da festa e da minha Maria Bonita?



LEIA MAIS

Look do Dia: jaqueta com jeans e bota montaria

O inverno ainda não chegou mas as baixas temperaturas já nos permitem usar - e abusar - de look mais quentinhos. E por aqui, como somos super fãs de moda no melhor estilo criança, preparei para o editorial de hoje um look super alegre que segue a tendência urban street.


Para compor o look optamos por um jeans - peça sempre curinga no closet de qualquer criança. E essa peça, que é da grife Alenice é cheia de estilo. Ela vem com lycra, que permite maior movimento e conforto as pequenas - dá até pra brincar de esconde esconde rs. E tem bolsos na frente e atrás como nessa foto.


Para criar um estilo descontraído optamos por essa jaqueta super fashion, também da Alenice. Notem que entre as estampas aparecem os emojis, que são a sensação da temporada. Para trazer ainda mais alegria escolhemos um rosa bem alegre. Lara amou!


A jaqueta vem com bolsos nas laterais, que são um charme a parte né?


E para finalizar esse look super fofo uma bota montaria da Pampili, claro! Ficou um atraso 😍.


As peças da Coleção de Inverno da Alenice estão disponíveis em lojas multimarcas e também na loja online na marca. Já os calçados Pampili você encontra em lojas multimarcas físicas e online e também nas lojas conceito.


Lara usa:
LEIA MAIS

Seu filho dentro da história: Uma experiência educativa inédita no mercado literário infantil!

Estudos comprovam os inúmeros benefícios da leitura. Quanto mais a criança lê, mais facilidade ela tem para aprender, melhor fica a sua pronuncia e a sua comunicação. Isso sem dizer que por meio da leitura ela desenvolve a criatividade, desperta a imaginação e adquire melhor repertório, cultura e conhecimento.

Mas agora eu pergunto: Qual a criança que ao ler um gibi ou assistir um desenho animado não se imaginou participando da história como personagem principal?

Sabia que agora isso é possível? Sim! Criada pelos empreendedores brasileiros Flávio Aguiar, André Campelo e Diego Moraes, a Dentro da História, permite de forma divertida e inovadora, a criação de um livro que une o universo lúdico dos personagens infantis mais conhecidos pelos pequenos. 

Com base pedagógica e texto estruturado para gerar o interesse pela leitura além da letra, a empresa formalizou sua primeira parceria com a Mauricio de Sousa Produções, para a produção de um livro inédito com a Turma da Mônica, uma das mais admiradas do País. Juntos com os personagens Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão é possível proporcionar uma experiência inesquecível entre as crianças e toda a Turminha. E personalizar o seu livro é super fácil. Por aqui temos uma pequena que é mega fã da Turma da Mônica, então a mamãe não perdeu tempo e já personalizou um livro só pra ela. 


E personalizar o livro é super fácil. Basta seguir os passo:
1º) Acesse o link www.dentrodahistoria.com.br e faça a opção do livro preferido
2º) Clique em "Criar Livro", insira o nome da criança e selecione o sexo
3º) Basta seguir os passos do aplicativo, que é super didático e escolher o tom da pele, a cor, o tipo e o tamanho dos cabelos e olhos, as roupas, calçados e acessórios. Tudo isso para deixar o personagem o mais próximo possível do seu filho(a)

Com o processo de criação finalizado, será enviado um lindo livro com capa resistente e material sustentável, no valor de R$49,00 + frete, com entrega direta para o endereço cadastrado. 


O aplicativo vai inserir o personagem da sua criança na história e lá vai estar ele(a) participando das aventuras junto de seus personagens favoritos. E o livro é maior que um gibi. Prontinho, livro criado!


E o livro recebido com a personagem Lara que eu criei: cabelos encaracolados e na altura dos ombros, olhos verdes, vestido (porque ela ama), relógio e sapatilhas. 


A história é super bacana e o livro é super bem ilustrado. Ela ainda não sabe ler mas como não falta uma boa leitura aqui em casa todas as noites, o seu livro já virou também o seu preferido.

O Dentro da História acaba de anunciar uma parceria inédita com a TV Pinguim, para o licenciamento do desenho animado O Show da Luna!. A partir de agora, os pequenos poderão ser protagonistas de uma historinha junto com a Luna e seus fiéis escudeiros, o irmão Júpiter e o furão Cláudio, vivenciando diversas descobertas e aprendizados como fazem nos episódios. E, como eu tenho duas pequenas, já tratei de providenciar dois livros, mesmo porque são recordações para uma vida toda não é mesmo? Esse é o da pequena Lia, personalizado para os personagens do Show da Luna, que também fazem muito sucesso!

Personalizando o livro ...


E o resultado final ...


Olha só que fofura:


E a história é muito divertida, tudo colorido e o material é de primeira qualidade.


Segundo Flávio Aguiar, co-fundador do Dentro da História, a partir de agora pais com seus filhos e filhas poderão interagir, de forma inédita e exclusiva, com seus personagens favoritos e vivenciar diversas experiências juntos. 

E tem desconto para os leitores do blog. Utilize o código DESCONTOLUNA e ganhe 10% de desconto na compra do livro personalizado do Show da Luna ou o código DESCONTOMSP para ganhar 10% de desconto na compra do livro personalizado da Turma da Mônica.

O Dentro da História também está disponível para smarthopnes e tablets. Para mais informações acesse: www.dentrodahistoria.com.br 


Sobre o “Dentro da História”

Dentro da História é um site que possibilita com que as crianças se tornem os personagens principais de aventuras e jornadas em livros e histórias personalizadas. É possível colocar o nome da criança, criar seu próprio personagem escolhendo suas características e receber o livro personalizado impresso em casa. Criado pelos empreendedores brasileiros Flávio Aguiar, André Campelo e Diego Moraes, o projeto tem foco no público infantojuvenil e permite criar uma conexão pessoal das crianças com os livros, realçando características de liderança e empreendedorismo, além de estimular o vínculo afetivo com os pais.
LEIA MAIS

Diversão e conforto se unem na nova coleção Primavera 2017 da Brandili


O mundo animal invadiu a nova coleção de Primavera 2017 da Brandili, marca de moda infantil, junto às flores, às hortinhas, a praia e o surfe. As novas inspirações trazem roupas infantis com estampas coloridas e alegres, reforçando o compromisso da marca em vestir as crianças com qualidade, muita diversão e conforto. Todas as roupas da nova coleção foram desenvolvidas com o padrão de alta qualidade Brandili, um cuidado exclusivo de quem preza pelo amor à criança. Na submarca Mundi, o romantismo ganha destaque, e os tons suaves predominam nas roupas para as ocasiões especiais.


Uma das novidades para as meninas é a modelagem mullet, que são os vestidos mais curtos na frente e compridos atrás. Figuras de hortinha, girafas, flores, fundo do mar e até as listras coloridas dão vida às roupas da nova coleção, sempre apostando em modelagens diferentes e confortáveis que despertam o lado divertido de cada criança. Os detalhes também estão presentes e se destacam em cintos com glitter, dando brilho às meninas.


Para os meninos, as energias da praia, do fundo do mar e do surfe estampam a nova coleção e dão um ar divertido e despojado nas roupas, mesclando com as inspirações do safari. Aqui, as bermudas ganham muitas novidades, entre elas a estampa sublimada, que dá a sensação de imagem real na peça, a microfibra e o moletom sem pelúcia, muito confortável e ideal para os dias de Primavera. 


A delicadeza e o romantismo são as peças-chave na submarca Mundi, com roupas em tons mais suaves, desenvolvidas e pensadas com amor para os dias mais especiais, como as festas de aniversário ou passeios. Destaque para os tecidos diferenciados e leves, apostando na viscose, no flamê, na organza, no fio tinto e no bordado para as meninas. A tendência boho está presente nos tons claros, com detalhes em franjas e amarrações.

A coleção Primavera 2017 da Mundi vestirá também os meninos com mais elegância. A moda das repetições e o minimalismo estão presentes nas camisetas e nos conjuntos infantis, trazendo também o recorte em contraste, que trabalha com três cores em uma peça. A malha em flamê tingida ao contrário deixará todos os meninos muito estilosos.

LEIA MAIS

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários