Esmalte do Final de Semana: Francesinha com Ludurana e Colorama


Olá meninas!!!!!!

Resolvi deixar as unhas crescerem para passar um esmalte mais clarinho, já que para esmaltes escuros eu prefiro unhas curtas. Acho que fica mais charmoso.

E para unhas "um tanto" compridas nada mais fofo do que a tradicional "francesinhas"! Desta vez resolvi dar um trato nas mãos e nos pés. Vejam o detalhe nas fotos:



Essa pinta na minha mão me entrega né?!

Eu resolvi fazer uma francesinha com um pequeno (bem fininho) traço, só na pontinha das unhas mesmo. Para isso utilizei o tradicional "pétala branca", da linha de cremosas da Colorama.
Para finalizar eu passei duas camadas do "francesinha" da Ludurana, da linha transparente Elite de secagem rápida. Ficou bem claro, cor de francesinha mesmo. Confesso que prefiro dar o acabamento com uma camada de "leite de coco" da Colorama e outra com "Paris" da Risqué, porque fica um tom mais escuro.





O meu dedão é maior que o dedo seguinte porque, conforme diz o ditado, mulheres com esta características mandam nos homens ... será?!

Bom, nos pés eu usei os mesmos tons, só que deixei a camada do "pétala branca" mais grossa. Caso contrário nem daria pra notar.

Gostei muito mas para que esse sonho de unhas perfeitas não se transforme em pesadelo, elas não podem quebrar. Toda vez que minhas unhas crescem eu acabo quebrando na "carne" o que é muito dolorido e feio.


Muito provavelmente na próxima semana eu volte para os tons escuros!



bjus e ótimo final de semana




LEIA MAIS

Especial comportamento: Teste sua Raiva


Pois bem, que atire a primeira pedra quem nunca ficou descontrolado por causa de um ataque de raiva. E, nessa hora, mesmo que não exista a mínima chance de fazer mal a alguém, o sentimento de vingança cria cada pensamento... mas calma, saiba que isso é normal. Afinal, somos humanos! O importante é retomar a compostura rapidamente. 

Um dia desses estava lendo uma matéria super bacana na Folha e resolvi compartilhar com vocês. Os créditos estão no final do texto.


Teste
Se você tem metade ou mais das características a seguir, tenho uma péssima notícia: você tem dificuldade para lidar com a raiva!


* Perder a paciência com facilidade 
* Andar, comer e falar rapidamente 
* Cerrar o punho ou apontar o dedo enquanto fala
* Ser temperamental
Ficar incomodado com o ritmo mais lendo dos outros 
* Não aguentar ser criticado 
* Ter vontade de quebrar coisas quando é contrariado 
* Ficar muito irritado quando não recebe reconhecimento 
* Dizer com frequência "me deu uma raiva!" 
* Dar escândalo 
* Dizer coisas desagradáveis às pessoas com quem convive 
* Ter vontade de bater em alguém ao se sentir injustiçado 



Se a maioria das respostas a cima foi sim, então você precisa ler esse artigo:


Descubra a sua Raiva

Todo mundo tem uma raiva para chamar de sua, sabendo ou não o nome dessa emoção, tão básica quanto inevitável.

"Há uma classificação tradicional das emoções em primárias, secundárias e terciárias. A raiva está no primeiro grupo, que são as mais simples e estão mais presentes em todos os seres vivos desde sempre", diz o psiquiatra Daniel Martins de Barros, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Quer dizer que, em estado puro, raiva é tão inocente quanto um animal selvagem.

Mas o animal racional é assim chamado porque desenvolveu córtex frontal do cérebro, estrutura que o permite controlar os instintos e adequá-los ao convívio social.

"Ao longo da evolução, a forma de manifestar a raiva vai mudando. A reação depende do que cada um de nós considera um ataque à própria sobrevivência", diz o psicanalista Marcio Giovannetti, da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo.

Fora do Controle

Comum a todos, a raiva é vivida em diferentes graus ou intensidades por cada um.

"Em psiquiatria, os sintomas são variações da normalidade. Se saem do controle e começam a trazer prejuízos para o dia a dia, é hora de examinar o que é e o que pode ser feito", explica Barros.

Em si, não é sintoma de nada específico, mas pode estar presente em vários distúrbios, da depressão ao transtorno antissocial.

"Pode aparecer muito no transtorno explosivo intermitente, em que a pessoa reage de forma inesperada, intempestiva e desproporcional à provocação, perdendo o controle", diz o psiquiatra.

Como todo mundo que já levou uma fechada no trânsito sabe, mesmo sem nenhum diagnóstico psiquiátrico o descontrole acontece. E pode atrapalhar a vida.

"O sentimento persistente ou exacerbado traz danos. E muita gente cultiva, sem perceber que se trata de raiva", diz a psicóloga Marilda Lipp, fundadora do Centro Psiquiátrico de Controle do Stress.

Para lidar com a emoção, é preciso reconhecê-la, o que nem sempre é fácil, porque a raiva tem várias faces - todas potencialmente danosas.

"Se a pessoa não percebe o que está acontecendo, alimenta a raiva (seja em manifestações externas ou internamente), e cria um círculo vicioso, diz Lipp.

Os efeitos se acumulam no corpo. Raiva não controlada pode causar problemas cardiovasculares, estomacais e dermatológicos. Entendendo o que desencadeia a emoção e como ela se manifesta, estratégias de controle, como terapia cognitivo-comportamental e exercícios respiratórios, podem evitar o estrago.

"Isso não quer dizer negar a raiva, mas aprender a lidar com ela de forma mais racional e adequada ao contexto social", explica Giovannetti.

Achar que é melhor explodir é questionável. "Houve época em que se acreditava nisso. Mas há trabalhos mostrando que a explosão é tão prejudicial quanto engolir a raiva do ponto de vista físico e psicológico", diz Barros.

Créditos
Texto: Iara Biderman de São Paulo - Folha de São Paulo de 14/02.
Foto: divulgação (google)
LEIA MAIS

Resultado do Sorteio do Blog


Pessoal, para quem não se lembra, fiz uma postagem AQUI no dia 09/02, dizendo que ia rolar um sorteio surpresa no blog. Seria o primeiro já que não temos nem um "mês" ainda de "vida".

Para prestigiar as seguidoras resolvi fazer o sorteio em 13/02, entre todas as seguidoras do blog, cujo resultado postei AQUI.  A vencedora foi a seguidora "LUA", que tinha até ontem (terça-feira) para deixar uma mensagem no post do resultado do sorteio e me enviar uma mensagem com endereço para envio do prêmio.

Fiquei triste porque ela não me respondeu!!!

Então resolvi esperar mais um pouco e fazer um sorteio como normalmente vemos nos blogs, ou seja, com caixa de inscrição e tudo mais.

Estou aqui apenas prestando esclarecimentos pois não teremos foto da vencedora para publicar no blog!

Continuem seguindo e assinem o feed para ficarem por dentro de tudo que rola no blog.


bjus



LEIA MAIS

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários