Férias!!!! Vamos viajar? Confira algumas dicas para preparar a viagem com os filhos




A primeira dica é não deixar de aproveitar as férias por causa das crianças. Seja a primeira ou a vigésima viagem com os filhos, a verdade é que sempre nos esquecemos de alguma coisa. Por isso, não deixe que pequenos detalhes estraguem a diversão. Comece fazendo e seguindo um bom planejamento.  Não importa muito a data ou mesmo a ocasião, pois só o fato de viajar em família traz sempre bons momentos e boas recordações! 

 Destino 

É fundamental ter cuidado ao escolher o roteiro, já que as crianças preferem atividades diferentes dos adultos, por isso escolha um roteiro que agrade ambos. Para acertar no destino, o roteiro precisa ter opções para o casal e para as crianças, tente escolher lugares com atividades que vocês possam fazer em conjunto. 


O legal é que os pais conversem com as crianças sobre a viagem e a família escolha o destino e os passeios. Isso fará com que elas participem e se sintam parte da viagem, podendo facilitar as coisas para você quando chegar ao destino. 

Viajar para o litoral brasileiro é sempre uma ótima opção e acaba sendo também uma imersão a cultura brasileira. Mas, nas altas temporadas as praias ficam lotadas de guarda-sóis parecidos. Para não perder seu filho de vista, a atenção deve ser redobrada. Viajar com amigos e casais que tenham filhos minimiza o risco. 


Documentos 

Leve todos os documentos do seu filho. Se a criança não tiver carteira de identidade, tem que carregar sempre a certidão de nascimento original. Cópia não vale, nem autenticada, tanto em viagens nacionais quanto internacionais. Quando o destino é outro país, é preciso providenciar um passaporte. Mesmo que a companhia aérea diga que não é necessário, é melhor providenciá-los para evitar problemas no trajeto. 


Hospedagem 
Uma dica é escolher uma estrutura mínima de “casa”. Ter uma cozinha e uma pequena área de serviço faz toda diferença. É mais fácil para preparar comidas, sucos e papinhas. Por exemplo: flats, apart-hotéis ou casas ou apartamentos alugados. 

Se optar por um hotel, escolha um que tenha farmácia e supermercado por perto. Além disso, confira se o quarto tem geladeira ou se cozinha é acessível para esquentar alimentos.

Veja se o hotel é adequado para receber crianças e se tem opções de lazer. O hotel pode ser uma ótima atração quando as crianças se cansarem dos passeios. 


Malas
Malas pesadas podem fazer sua viagem mais cansativa. Não é porque você vai viajar com crianças que precisa levar a casa inteira. Não leve roupas demais, a quantidade de roupas e o tamanho da mala devem combinar. 

Se a viagem for de ônibus ou avião, não se esqueça de pendurar fitas coloridas, tags ou adesivos nas bagagens. Atenção as alterações que quantidade de malas e pesos tolerados entre os vôos de cada companhia. Verifique com antecedência para não ultrapassar a cota. A identificação também é muito importante, escreva o nome da família, endereço e telefone e feche todas as malas com cadeado. Leve alguns brinquedos ou atividades para entreter as crianças durante o trajeto e não se esqueça daquele cobertor ou travesseiro que seu filho não larga. 


Remédios e Vacinas 
Curativos, antissépticos, algodão, termômetro são alguns dos itens que devem compor a caixa de primeiros socorros. Além dos remédios indicados pelo pediatra, não se esqueça do repelente e um protetor solar que seja aprovado pelo pediatra. As vacinas das crianças precisam estar em dia, independente da época do ano. É fundamental providenciar isso com muita antecedência, já que cada vacina tem um tempo para começar a agir. 


Seguro saúde e viagem 
Se as crianças ficarem doentes ou se acidentarem durante a viagem, considere a possibilidade de fazer um seguro viagem, pelo menos para elas. 

Se o passeio for para o exterior, é recomendado contratar um seguro especial apenas para a ocasião. Em muitos países, as farmácias não vendem remédios sem prescrição médica. 

Viajar de Avião 
Confira se há travesseiros disponíveis e mantas, o ar do avião pode gelar os pequenos. Assim como nas viagens de carro, prefira voar em horários em que a criança esteja calma. Para viagens mais longas, escolher um período em que a criança costuma dormir pode ser uma boa ideia para que ela não sinta tanto. Nas viagens curtas, prefira sempre os voos sem escalas e as rotas mais curtas. 

Nunca se esqueça de incluir na mala de seus bebês:

* Trocador de fraldas
Hoje no mercado existem as opções de trocadores descartáveis, que são uma ótima opção quando você for fazer a troca em ambientes públicos. Caso contrário, para trocas dentro do próprio hotel ou na casa dos parentes, use a pessoal que acaba sempre saindo mais em conta. No entanto, nunca se esqueça de periodicamente fazer a correta higienização.

* Lenços ou toalhas umedecidas
Não importa a marca, aliás use a que normalmente está acostumada, para evitar problemas de alergia. Leve uma na bolsa no bebê e uma extra na sua bolsa - quem é mãe sabe que essas toalhas nunca são demais. Elas são práticas e servem para uma infinidade de coisas. Aliás, hoje no mercado vocês encontram opções de toalhas antissépticas (eu uso a da feelclean e adorei), assim você dispensa o uso do gel antisséptico que é mais complicado de usar na higienização das mãos dos bebês, que normalmente não saem da boca. Ah, e da pra limpar o rostinho também, porque são testadas dermatologicamente (não é publi).

* Repelente
Não dá pra ficar sem não é? Bebês com menos de seis meses não podem fazer uso de nenhum repelente de insetos. No entanto, a partir dessa idade existem várias opções no mercado, inclusive opções que já vem com protetor solar ou disponíveis em spray (o que eu não gosto muito para aplicar em bebês, prefiro o gel), e também em toalhas umedecidas. Bacana né? Então, leia o rótulo, pesquise e não se esqueça que em se tratando de Dengue, Zika e Chikungunya a proteção é a nossa única alternativa.

*Portetor Solar
Verifique a faixa etária recomendada do protetor solar e compre sempre aquele que possui o maior fator de proteção contra raios UVA e UVB, evitando queimaduras, bolhas, vermelhidões e envelhecimento precoce da pele, além de câncer.

Bom passeio e depois deixa aqui um relato de como foi a sua experiência.
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Google+ Followers

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários