Pesquisa Avon revela que mulheres com mais de 45 anos assumem a idade, mas ainda sentem preconceito por parte da sociedade



Mulheres de mais de 45 anos mentindo idade e usando apenas roupas e cabelos considerados apropriados para sua idade vão pouco a pouco desaparecendo do cenário. As brasileiras nessa faixa etária estão, de forma geral, assumindo a idade com orgulho, mostrando atitude, e querem, sim, acesso a toda tecnologia para ter a melhor aparência para o seu rosto. Essas conclusões estão na Pesquisa Avon: A Mulher diante do Envelhecimento, realizada pelo Instituto FSB Pesquisa. A pesquisa foi respondida pela internet por 1000 mulheres de 45 a 65 anos de todas as regiões do país, durante o mês de abril de 2016. “O resultado mostra que a maioria das mulheres dessa geração está com a autoestima alta e, mais do que isso, confirma a tendência de mudança de comportamento com relação à forma como encaram o envelhecimento”, explica Ricardo Patrocínio, VP de Marketing de Cosméticos da Avon.

Quase 68% das entrevistadas acreditam que as mulheres mais velhas são mais valorizadas hoje do que eram há 10 anos. E celebram sua aparência: 7 em cada 10 se consideram bonitas e 78% disseram que as pessoas as consideram mais jovens – o que mostra que, de forma geral, a sociedade ainda tem em mente uma ideia equivocada da mulher nesta faixa etária, provavelmente com base nas mulheres de gerações passadas. Quando questionadas se mentem a idade, a negativa é quase unânime. Outro ponto de destaque da pesquisa é que 65% não se preocupam com a opinião de terceiro para estar feliz com sua aparência. 

No entanto, os resultados indicam que nem toda a sociedade está acompanhando a mudança de atitude dessa nova geração de mulheres mais velhas. E elas sentem isso, quando percebem que muita gente defende limitações ao seu comportamento. Para pouco mais de 40% das entrevistadas, uma das principais cobranças é em relação à forma de se vestir. Outro preconceito levantado por 3 em cada 10 mulheres está ligado à carreira. Mesmo mais maduras e experientes, muitas se sentem menos valorizadas no ambiente profissional, especialmente as que passaram da faixa dos 50.

Ao falarem sobre mudanças físicas provocadas pelo envelhecimento, principalmente as mais evidentes, como cabelos brancos e sinais na pele do rosto e do corpo, as mulheres mostram que se preocupam em amenizar os efeitos da idade, mas muitas não fazem isso com a intenção de parecer mais jovem, e sim de manter a aparência que mais faz sentido para ela. Um bom exemplo é a questão dos cabelos brancos. Diferentemente de gerações passadas, 58% apoiam a atitude das mulheres que optaram por assumi-los. A maioria, no entanto, não está disposta a deixar os cabelos brancos expostos.

Quando se fala em pele facial, a vaidade bate mais forte. As rugas são o terceiro motivo mais citado para a insatisfação com a aparência, atrás apenas do excesso de peso e flacidez. As brasileiras querem retardar as rugas, mas ainda estão longe de investir o necessário no cuidado preventivo com a pele do rosto. Independentemente da classe social, os tratamentos estéticos realizados por profissionais especializados fazem parte dos desejos de 65% das mulheres que nunca fizeram nenhum procedimento desse tipo no rosto. No entanto, como os procedimentos com profissionais são bem menos acessíveis, as mulheres procuram se informar para manter os cuidados diários com a pele e, assim, minimizar os incômodos sinais de envelhecimento facial. Entre os tratamentos mais comuns elencados por ela, o mais citado foi beber muita água (56%), seguido pelo uso de hidratantes (55%) e de cremes anti-idade (51%). Apesar de 58,7% das entrevistadas afirmarem usar cremes anti-idade, metade diz que inclui o cuidado em sua rotina diária. E 50,5% começaram a usar os produtos anti-idade antes dos 41 anos.

“Isso é perceptível pelo próprio comportamento do mercado. Nossa linha para mulheres acima de 45 anos, Renew Ultimate, é o maior sucesso de nosso portfólio de anti-idade”, comenta Ricardo Patrocínio. “As linhas com maior foco na prevenção ainda têm um potencial muito grande de crescimento”.


A marca Renew é a mais usada pelas brasileiras na categoria de anti-idade. A cada minuto, são vendidos 4,9 produtos Renew no país. A marca conta com seis linhas – Clinical, Genics, Vitale, Reversalist, Ultimate e Platinum - que oferecem às consumidoras, a partir dos 25 anos, uma série de benefícios para a pele do rosto. Com tecnologia de última geração, a mais avançada no tratamento cosmético anti-idade, os produtos são desenvolvidos no Instituto Avon Skincare, em Suffern, nos Estados Unidos, dentro do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da Avon. “A pesquisa mostrou também que as mulheres nessa faixa etária querem ver qualidade, tecnologia e resultados rápidos nestes produtos, e, se precisarem, pagam mais por isso”, diz Ricardo. “Por isso, essa linha para mulheres mais velhas concentra os maiores esforços de pesquisa e tecnologia”.

Sobre a Avon
A Avon, a empresa voltada para as mulheres, é líder mundial no mercado de beleza, com uma receita anual próxima a US$ 9 bilhões. Uma das maiores empresas de venda direta do mundo, comercializa seus produtos em mais de 100 países por meio de cerca de 6 milhões de revendedores autônomos. O portfólio de produtos da Avon inclui itens de beleza de alta tecnologia e apresenta marcas de qualidade mundialmente reconhecidas como Linha Avon de Maquiagem, Color Trend, Renew, Skin-So-Soft, Advance Techniques e Avon Naturals. Além disso, inclui produtos de moda e voltados para a casa. A empresa é pioneira em venda direta de cosméticos no Brasil, onde está desde 1958. Atualmente, o País conta com a maior força de vendas da Avon – 1,5 milhões de revendedoras - e é também a maior operação da companhia no mundo. Para obter mais informações sobre a Avon no mundo, visite o site:www.avoncompany.com. Para saber mais sobre a Avon no Brasil, acesse: www.avon.com.br. Siga a Avon: www.twitter.com/avonbr|www.facebook.com.br/AvonBR.



Siga a Avon:
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

6 comentários:

  1. Eu já vou comprar pra mim no ano que vem que faço 25 anos.
    Minha mãe usa um desses, mas não sei qual.
    Ela adora.
    Não sabia dessa pesquisa e não imaginava isso.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso, mas quero experimentar esse novo lançamento

      Excluir
  2. Muito show esse post, é bom ver as mulheres mais maduros se valorizando, amei essa pesquisa beijos

    ritinhaangel.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem vindo!



Instagram

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários