Diário de Mãe #4


Aprendendo a falar




Segundo pesquisas desenvolvidas por especialistas, entre um ano e um ano e meio as crianças começam a falar suas primeiras palavras, mesmo que muitas vezes incompletas ou inventadas. Por volta dos dois anos as palavras são mais frequentes e os pequenos já começam conseguem dizer até duas palavras em conjunto, aprendendo a formar uma frase. Mas é somente a partir dos três anos que a criança começa a falar de forma compreendida.

A pequena Lara soltou a sua primeira palavra quando tinha um ano e dois meses. Se surpreendeu quem achou que ela diria papai ou mamãe. Ela disse: Lua! Hoje ela está com um ano e quatro meses e já fala muita coisa. Em seu vocabulário, ainda reduzido, estão as palavras: lua, papa (papai), mama (mamãe), auau (cachorro), miau (gato), pato, peixe, bichinho, panda, boa (bola), opa (opa), tata (tartaruga), pipi (passarinho), bo (acabou), não e aua (água).

Eu me recordo a primeira vez que ouvi cada uma dessas palavras. Uma alegria imensa toma conta da gente! É um orgulho ver um filho falar. 

O importante é estimular a criança sempre. Por exemplo: todas as noites eu levava a Lara pra ver a lua e ficava repetindo a palavra, até que um dia íamos sair a noite e ela olhou para o céu, apontou o dedinho e disse lua #chorei. A palavra pato e peixe ela aprendeu porque todos os dias meu marido mostrava os bichinhos de borracha pra ela e ia repetindo as palavras. Na sequência ela aprendeu a palavra bichinho. 

No final do ano ganhei da minha mãe um pijama com estampa de panda. Eu notei que ela se encantou. Então, todas as manhãs quando eu ia pegá-la no berço, eu mostrava o panda e repetia a palavra. Um belo dia ela acordou, olhou pra mim e disse panda!

A última palavra que ela aprendeu foi aua (água) e essa realmente eu me surpreendi. Um dia ela começou a chorar e falava aua, aua, aua. Eu não sabia o que era. Pequei a Lara no colo para dar uma volta e ao passar na cozinha ela apontou o copo onde ela toma água. Bingo! Agora quando ela diz aua eu já sei o que ela quer.

É importante deixar claro que cada criança tem um ritmo e um tempo. O importante é estimular e acompanhar o seu desenvolvimento para que ela cresça sempre saudável e feliz!



Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

2 comentários:

  1. Fiquei imaginando ela dizendo panda, muito fofa... e que espertinha ela apontando pro copo :)

    www.bybiancaconde.com.br

    ResponderExcluir
  2. oi amada, passando p deixar um mega beijo... tô saindo em férias, mas é um pé lá e outro cá... semana q vem já estamos de volta..... bjss
    tititi da dri

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Google+ Followers

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários