Animais e bebês podem conviver juntos?


Cachorros e gatos podem fazer muito bem à saúde de bebês e crianças. Além de estimular a afetividade e o sistema locomotor, pesquisas mostram que o convívio não causa alergias – e poderia até diminuir a incidência do problema.


Crianças precisam respeitar limites dos animais 
Outros estudos mostram que a convivência diária com animais constrói crianças mais calmas e que fazem amizades com maior facilidade. Já aquelas que não gostam de animais ou os maltratam apresentam mais chance de desenvolver problemas emocionais ou distúrbios de comportamento.


É preciso preparar os pets que já vivem na casa para a chegada do novo morador – nesse caso, o bebê. O animal precisa ser socializado antes da chegada da criança. É possível colocar sons de choros de bebê pela casa, que são facilmente baixados da internet. Para donos que dormem com cães e gatos na cama, aconselho retirar esse hábito gradativamente, bem antes do nascimento


O convívio do recém-nascido com o animal deve seguir os seguintes cuidados básicos:
Não deixar o animal frequentar o quarto do bebê
Não deixar o animal lamber os brinquedos do bebê
Preservar o bebê do contato com a saliva do animal

A interação direta com o animal pode ocorrer depois dos seis meses de idade do bebê


Cabe aos pais explicar para os filhos que os pets não são brinquedos. Para evitar brincadeiras bruscas, que podem render arranhões ou mordidas, o ideal é mostrar que eles também têm hora para comer, dormir e se divertir, assim como nós.


E aí papais, bora adotar um animalzinho para sua criança? 

Fonte: gnt.globo.com; Por Renata Demôro / Guiadasemana.com.br

Reproduzido do blog Paraiso Moda Bebê

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

3 comentários:

  1. Concordo, aqui em casa sempre teve algum bichinho e nunca fez mal a ninguém, e olha que tenho rinite :)

    beijinhos ;*

    http://noostillo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pedro vai crescer rodeado de cachorros!!! Os cachorros todos ficam na rua, então não tem um convívio tão direto com ele. Mas sempre levamos o Pedro para ver os cachorros. E ele adora! Ele ri. dá gargalhada, grita...
    Vou ensiná-lo a amar e respeitar os animalzinhos, sei que isso definirá também o relacionamento dele com os humanos tb.

    Bjos
    Dy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agora estamos sem cachorro, porque vivemos em apartamento. Mas, assim que a casa nova ficar pronta teremos um pra cada um ;)

      Excluir

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Google+ Followers

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários