Sonho lindo que sonhei, pesadelo que vivi ...



Eu sonhei ...
Que vivia em um mundo onde as pessoas eram felizes, sem distinção de sexo, raça, etnia ou cor.
Eu sonhei...
Que o único idioma falado era na língua do amor, e que todos se entendiam e se ajudavam.

Eu sonhei...
Que o mundo era melhor pois todos se entendiam e juntos construíam um lar digno para criar seus filhos.
Eu sonhei...
Que não haviam drogas, nem crianças nas ruas e que todos tinham as mesmas oportunidades e direitos.
Eu sonhei...
Que a natureza não mais se vingava do homem, que as árvores eram mais verdes e que seus frutos eram mais saborosos.
Eu sonhei...
Que a liberdade de expressão existia, mas que nem era preciso usá-la pois todos se respeitavam como cidadãos de bem.

E depois desse lindo sonho, onde todas as coisas boas aconteciam e eram verdades, eu acordei. E, quando isso aconteceu eu cai em mim e chorei. Chorei pelo pesadelo que vivemos em um mundo repleto de ódio e vingança, onde a maioria quer sempre levar vantagem. Chorei ao ligar a televisão e ver um pai matar o seu próprio filho, o filho matar a sua própria família, os filhos preferirem morar nas ruas, as escolas sem condições de ensinar, as empresas explorando com baixos salários.

O que me conforta nesse pesadelo é saber que ainda há pessoas de bem que vivem e lutam por um mundo melhor. Que ainda há espaço para a gentileza e para um sorriso. E, que mesmo tendo pouco para comer, ainda se pensa no próximo e se divide o almoço, sem pensar na janta. Pessoas que confiam e que, ingênuos ou não, acreditam em seus sonhos e nunca deixam de sonhá-los.


Autoria própria
"Palavras que saem do coração"



Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre muito bem vindo!



Instagram

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários