Botox: Saiba tudo sobre o procedimento estético mais procurado do mundo




O tratamento com BOTOX® – a toxina botulínica A –, existente há décadas, ganha cada vez mais adeptos. De acordo com o levantamento da ISAPS, Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, mais de 355 mil brasileiros buscaram o procedimento em 2014. O número garante a permanência do produto no topo da lista dos tratamentos estéticos não cirúrgicos favoritos no país. 

E não só no Brasil: a pesquisa também revela que a intervenção é a favorita de mais de 5 milhões de pacientes em todo o mundo. O produto ainda apresenta grande versatilidade, tendo diversas indicações para uso terapêutico, no tratamento de doenças que variam desde hiperatividade da bexiga até espasticidade, a principal sequela dos acidentes vasculares cerebrais.

Por ter se tornado referência, é comum que logo seja feita a conexão entre qualquer tratamento facial e o uso do BOTOX®. Para não ficar por fora e gabaritar nos conhecimentos sobre o procedimento, confira no GUIA DEFINITIVO DA TOXINA BOTULÍNICA tudo sobre o tratamento e tire as dúvidas mais comuns com a dermatologista Roseli Andrade, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

É Botox® ou não é? 
Basta alguma celebridade ser fotografada com uma aparência diferente que já surgem as suspeitas. “Popular entre os que buscam ficar em dia com o espelho, o uso estético da toxina botulínica é muitas vezes confundido com outras técnicas. Mesmo com fãs em todos os lugares do mundo, as indicações e a ação do produto ainda causam muita confusão”, afirma a dermatologista Roseli Andrade. A toxina botulínica promove o rejuvenescimento do rosto agindo exclusivamente nos músculos faciais, por isso o tratamento estético com BOTOX® é indicado somente para o tratamento das marcas causadas pela ação da musculatura facial, chamadas de rugas dinâmicas.

E a famosa frase “fazer botox”? 
Esse é outro engano frequente. BOTOX® é a marca do laboratório Allergan e, por ser classificado como um produto biológico – característica que o faz único e exclusivo – não pode ser comparado com outras marcas de toxina disponíveis no mercado. Cada toxina disponível no mercado apresenta um processo único de manufatura, método de determinação da atividade biológica e formulação, o que impactará no perfil de eficácia e segurança do produto final. Por isso BOTOX® (toxina botulínica tipo A) trata-se de um produto específico e não uma referência genérica. É sempre importante se certificar de qual produto está sendo utilizado para o tratamento, já que existem outras marcas e produtos que prometem o mesmo resultado. 

Certo ou errado?
Dá para preencher os lábios com BOTOX®? E tratar o cabelo? Consigo o mesmo resultado com cremes? A dermatologista explica que a aplicação da toxina botulínica é sempre muscular. Apenas esse fato já eliminaria muitas dúvidas e equívocos sobre o produto. Confira abaixo a explicação para esses mitos assim como indicações corretas da toxina. 


Botox® além das rugas
Além do bom desempenho nos tratamentos de beleza e rejuvenescimento facial, BOTOX® também é um forte aliado no tratamento de várias doenças e na melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Veja quais são as indicações terapêuticas da toxina botulínica A:
Enxaqueca crônica: diagnosticada em pessoas com crise de dor de cabeça por 15 dias ou mais durante o mês, com duração de mais de quatro horas, por mais de três meses. O medicamento bloqueia a liberação de neurotransmissores associados com a origem da dor, inibindo os sintomas dolorosos.
Bexiga hiperativa: disfunção que proporciona contração excessiva da bexiga, provocando o aumento da frequência de idas ao banheiro de forma urgente. Injetada diretamente na bexiga em um procedimento não cirúrgico, a toxina botulínica A inibe as contrações involuntárias do órgão e promove a continência urinária. 
Espasticidade: comum em pacientes que sofreram AVC – acidente vascular cerebral –, traumatismo craniano e lesões medulares, e em portadores de esclerose múltipla e paralisia cerebral. Os músculos que apresentam espasticidade são mais rígidos do que os músculos normais. O tratamento proporciona relaxamento do músculo atingido, devolvendo temporariamente a mobilidade e a possibilidade de realizar fisioterapia.
Distonia: doença neurológica caracterizada por contrações musculares involuntárias, parecidas com um torcicolo constante. Os espasmos gerados pela doença podem afetar uma única parte do corpo, como os olhos, o pescoço, os braços ou as pernas, duas partes vizinhas, como o pescoço e um braço, um lado inteiro do corpo ou praticamente o corpo todo. Além de diminuir as dores causadas pela doença, o tratamento com a toxina botulínica A melhora a postura do segmento afetado, reduz a intensidade e a frequência da dor no pescoço, no caso da distonia cervical, o que possibilita ao paciente realizar atividades diárias.
Estrabismo: mais comum entre as crianças, mas possível em adultos, o desalinhamento dos olhos apontando em diferentes direções pode ser tratado com aplicações da toxina botulínica A. O tratamento reduz os espasmos e relaxa os músculos, o que ajuda a alinhar os olhos dos pacientes.
Blefaroespasmo: caracterizado pelo fechamento repetitivo e involuntário da pálpebra, a doença é provocada por contrações dos músculos dos olhos, fazendo com o paciente pisque o tempo todo. O excesso de movimento pode impedir a leitura e a realização de atividades simples, como dirigir ou usar o computador. A aplicação da toxina botulínica A age no relaxamento da região, interrompendo os movimentos involuntários e normalizando as funções de abrir e fechar os olhos.
Espasmo hemifacial: distúrbio involuntário do movimento da face, às vezes confundido com tique nervoso, gera a contração excessiva de um lado do rosto. A aplicação da toxina botulínica A proporciona o relaxamento das fibras, normalizando o movimento da região.
Hiperidrose: caracterizada pela produção excessiva do suor, podendo aparecer de forma generalizada ou concentrada nos pés, mãos e axilas. Quando a toxina botulínica A é injetada na região, impede a liberação temporária da substância acetilcolina, o que diminui a sudorese.
 
Perguntas rápidas
A dermatologista Roseli Andrade responde às perguntas mais frequentes quando o assunto é tratamento com toxina botulínica A.

O que é a toxina botulínica A?
A toxina botulínica A é um complexo neuroproteico produzido por uma bactéria (clostridium botulinum). Sua função é diminuir a força muscular ou relaxar o músculo no qual foi injetada.

A toxina botulínica A pode ser usada em todo tipo de ruga?
A toxina tem bons resultados nas rugas ocasionadas pelo movimento muscular, também conhecidas como rugas de expressão ou dinâmicas.

O rosto pode ficar sem expressão?
Se aplicada em grande quantidade ou aplicada erroneamente em determinados grupos musculares, pode ocasionar congelamento da expressão e diminuição da mímica facial.

A partir de que idade se pode começar a usar?
Podemos iniciar o uso em jovens que apresentam musculaturas muito fortes, ocasionando assim relaxamento da expressão e consequente prevenção das rugas.

Existem efeitos colaterais?
O uso indiscriminado, o exagero na quantidade e má técnica são responsáveis por alguns efeitos indesejados, como paralisia muscular, queda de pálpebra e assimetrias faciais. Por não ter efeito permanente, os efeitos desaparecem após a absorção do produto, entre 4 e 6 meses. Hematomas e pequenas pápulas podem permanecer entre 2 e 48 horas após a aplicação.

O tratamento com a toxina botulínica A é dolorido?
Para realizar o tratamento, é feita a injeção da toxina, através da pele, com agulha fina e posicionamento do produto no músculo alvo. Pode ser aplicado creme anestésico na pele, na área que será tratada, de 20 a 40 minutos antes do procedimento.
 
O resultado é imediato? Quanto tempo dura?
O resultado se inicia 48 horas após o procedimento e tem seu efeito estético completo em 5 a 7 dias. Após esse período, a paralisação se mantém por 3 a 4 meses e, a partir daí, a musculatura volta a se contrair progressivamente e, em 5 a 6 meses, podemos repetir a aplicação.

Quais são as indicações e contraindicações da toxina botulínica A?
Indicações: Para as chamadas linhas hipercinéticas ou de expressão, como rugas da testa, entre as sobrancelhas, pés-de-galinha, levantamento de ponta nasal e rugas ao redor dos lábios.
Contraindicações: gestantes e pacientes com antecedentes de hipersensibilidade a qualquer dos ingredientes contido na formulação e na presença de infecção no local da aplicação.

QUIZ – Você sabe tudo sobre toxina botulínica A?
1. Existem diversas marcas de toxina botulínica A disponíveis no mercado.
a. Verdadeiro.
b. Falso.

2. Toxina botulínica A é um produto extraído de uma bactéria.
a. Verdadeiro.
b. Falso.

3. O tratamento é indicado apenas para finalidades estéticas.
a. Verdadeiro.
b. Falso.

4. Existe idade certa para o tratamento estético com a toxina botulínica A.
a. Verdadeiro.
b. Falso.

5. O resultado do tratamento com toxina botulínica A é visível imediatamente.
a. Verdadeiro.
b. Falso.

6. A toxina botulínica A pode ser uma opção a tratamentos cirúrgicos. 
a. Verdadeiro.
b. Falso.

Sobre a Allergan
No mercado há mais de 60 anos, a Allergan é uma empresa que atua em diversas especialidades na área de saúde. Comprometida com a descoberta e o desenvolvimento de avanços científicos, sua missão é oferecer tratamentos inovadores e significativos para que as pessoas possam alcançar seu potencial máximo de vida.

Presente em mais de 100 países, a Allergan conta com funcionários altamente qualificados e um portfólio global de produtos farmacêuticos: medicamentos de prescrição, isentos de prescrição, biológicos e dispositivos médicos. Utiliza recursos de última tecnologia em pesquisa e desenvolvimento para a fabricação e a segurança de produtos que ajudam milhões de pacientes em todo o mundo.

A empresa iniciou sua trajetória com foco na saúde dos olhos. Hoje, a Allergan atua em diversas especialidades médicas, incluindo oftalmologia, neurociências, medicina estética, medicina estética dermatológica, estética de mama e urologia. A empresa se orgulha em celebrar mais de 60 anos de avanços médicos e apoio a pacientes e médicos que confiam nos seus produtos, juntamente com seus colaboradores e comunidades nas quais está presente.

FONTES:
International Society for Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)
BR/0273/2015 – Julho 2015


Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

5 comentários:

  1. Adorei esse post, tirei bastante dúvidas

    Bjss

    www.adrianequaresma.com.br

    ResponderExcluir
  2. Dicas maravilhosas eu não sabia, bom final de semana.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Google+ Followers

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários