Dicas para proteger as crianças de doenças indesejadas



O outono começa oficialmente hoje! Essa estação se caracteriza pelas temperaturas mais amenas –
não tão quentes quanto no verão e sem o frio intenso predominante no inverno –, pelas alterações bruscas nas condições climáticas e pela baixa umidade relativa do ar.

Essas mudanças no clima que começaremos a sentir, juntamente com as modificações que elas acarretam em nosso dia a dia - como ficar mais em locais fechados, pouco ventilados, com maior aglomeração humana -, criam um cenário favorável para o surgimento de doenças infecciosas e respiratórias, como gripes e resfriados. Isso é especialmente relevante nos dois extremos da vida: para os idosos e também para crianças que podem estar com seus sistemas imunológicos não totalmente eficazes.

Mais comum nas estações frias, o vírus influenza, que causa a gripe, pode ser transmitido para outras pessoas até um dia antes de aparecerem os primeiros sintomas. A forma mais comum de contágio é por meio de gotículas de saliva expelidas ao falar, tossir ou espirrar, mas também pode ocorrer transmissão por meio das mãos, por exemplo, após tocar superfícies contaminadas, como corrimões, maçanetas e torneiras.

Outra doença que pode surgir nesse período com maior frequência, por ser muito contagiosa, é a conjuntivite viral. Nesse caso, os pais devem ficar atentos a possíveis queixas como irritação, coceira ou vermelhidão nos olhos.

Problemas respiratórios como bronquite e asma também podem acometer as crianças no outono. Mas, incorporando alguns cuidados a sua rotina diária, é possível protegê-las dessas doenças.

Confira quatro dicas de Redoxitos®, vitamina C infantil da Bayer, para manter os pequenos saudáveis no outono:

Alimentação: os pais devem incentivar que as crianças tenham uma alimentação balanceada e rica em nutrientes, minerais e vitaminas, necessários para fortalecer o organismo e manter o sistema imunológico funcionando perfeitamente. Assim, a criança estará mais preparada para situações que podem levar às doenças da época.

Ingestão de líquidos: no outono, as crianças também devem tomar bastante líquido, principalmente água, para hidratar o organismo.

Higiene: recomenda-se intensificar a lavagem das mãos, sobretudo no ambiente escolar, assim como higienizar brinquedos e objetos de uso comum com bastante água e sabão.

Ambientes fechados: como as crianças são mais vulneráveis a contaminações, o ideal é que elas não permaneçam por muito tempo em locais fechados, que favorecem a proliferação de vírus. A dica é manter o ambiente bem ventilado e com o ar circulando.

Os pais devem sempre ficar de olho nos filhos e, caso notem algum sintoma diferente, o recomendável é levar o pequenos para uma avaliação médica.

Sobre Redoxitos®
Redoxitos®, vitamina C em formato de gominha, possui a quantidade diária adequada do nutriente para crianças a partir de 4 anos. Com formato inovador, o suplemento possui apresentações nos sabores laranja, frutas tropicais, morango e uva, o que facilita a aceitação das crianças. Contém os corantes naturais carmim, nos sabores laranja, morango e uva, e cúrcuma, no sabor frutas tropicais. Disponível nas embalagens de 25 e 100 unidades – esta somente no sabor laranja –, Redoxitos® auxilia os pais na tarefa diária de cuidados com seus filhos: basta uma gominha por dia para complementar as necessidades do nutriente. Cada gominha contém 30 miligramas de vitamina C.

Preço médio sugerido ao consumidor: R$ 13 (25 unidades) e R$ 46 (100 unidades).

Bayer: Se é Bayer, é bom (Science For a Better Life)
A Bayer é uma organização global com competências centrais focadas em Ciências da Vida nas áreas de saúde e agricultura. Os produtos e serviços da empresa são projetados para beneficiar a população e melhorar sua qualidade de vida. Ao mesmo tempo, o Grupo tem como objetivo criar valor através da inovação e do crescimento. A Bayer está comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com sua responsabilidade ética e social como uma empresa consciente. Em 2014, o Grupo empregou 119 mil pessoas e teve um faturamento de 42,2 bilhões de euros. As despesas de capital chegaram a 2,5 bilhões de euros, e os investimentos em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) totalizaram 3,6 bilhões de euros. Estes valores incluem dados do negócio de polímeros de alta tecnologia, que foi lançado no mercado de ações como Covestro em outubro de 2015.

Para mais informações, acesse:

SAC: 0800 723 1010
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre muito bem vindo!



Instagram

Arquivos

Dados do blog

Dias online
Postagens
comentários